Pastor preso no Irã diz que só será solto se negar a Cristo

PDFImprimirE-mail

O pastor Saeed Abedini, 32, foi condenado a oito anos de prisão por pegar o evangelho no Irã. Abedini nasceu no Irã, mas tinha cidadania americana e está preso no Irã desde setembro de 2012.

Pela segunda vez ele consegue enviar uma carta, onde narra o que tem vivido dentro da prisão de Evin, onde ressalta que só sairá de lá quando negar a Cristo. Mas assevera: “eles nunca vão ouvir isso de mim”.

Sua esposa Naghmeh expressou sua preocupação com seu marido. “É com o coração dolorido que li sobre o abuso continuamente sofrido por Saeed na prisão iraniana”, disse ela. “Ele continua a enfrentar risco de morrer nas mãos das autoridades iranianas simplesmente por causa de sua fé em Jesus.”

Como um apóstolo moderno ele tenta estimular a fé dos que estão passando por dificuldades e  os exorta a buscar em Deus a força necessária.

O Centro Americano para Lei e Justiça procurou o Conselho de Direitos Humanos da ONU para lutar pela liberação de Abedini. Vários membros do Congresso americano querem que o governo americano exija a libertação do pastor. Mas como não há relações diplomáticas entre os dois países isso se torna mais difícil.

A sentença de prisão foi referendada pelo líder muçulmano supremo do país, o aiatolá Khamenei. O temor das agências cristãs é que se repita o que aconteceu com o pastor Youssef Nadarkhani, que passou anos na prisão por causa de sua fé e enfrentou uma longa batalha judicial.

Leia na íntegra a carta enviada da prisão por Saeed Abedini, Fevereiro de 2013:

Escrevendo do meu coração. Meus queridos amigos, as condições aqui são tão difíceis que meus olhos ficam embaçados, meu corpo não tem força para andar, e meus passos são muito fracos e trêmulos. Diversos grupos me ameaçam, é uma guerra psicológica, um ano que não vejo minha família, violência física, ações premeditadas para me humilhar, insultos, sou ridicularizado, confrontado por extremistas da prisão que criam outra prisão dentro desses muros, tantas ameaças de morte…

É interessante que por ser um pastor cristão, sou cuidadosamente vigiado. Esperam que eu  sorria para eles, apesar do que é feito contra mim e compreender por que estão fazendo todas estas coisas. Mas posso ver claramente o que está acontecendo e como desejo servir a Deus, vejo todas essas dificuldades como oportunidades de ouro e portas grandes para dar meu testemunho.  Existem vasos que estão vazios, sedentos por um pouco da Água Viva e podemos matar sua sede, mostrando-lhes Jesus Cristo. Talvez você também esteja vivendo esse tipo de situação, por isso ore e busque a Deus que Ele irá usá-lo e direcioná-lo em meio a às pressões e dificuldades da vida.

Existem aqueles que são inimigos da Bíblia Viva e não querem ouvir. Eles estão tentando me colocar sob pressões terríveis (que, por vezes, são insuportáveis) desejando provar que minha fé é vazia e não é real. E depois de todas essas pressões, depois de todos os pregos que têm sido pressionados contra minhas mãos e pés, eles esperam apenas uma coisa… que eu negue  a Cristo. Mas eles nunca vão ouvir isso de mim. Sei que a Bíblia é verdade e eles estão no caminho da destruição.

Há outro grupo que não conhece o Evangelho da Verdade. Em vez de realmente ouvir e meditar na Palavra de Deus, estão apenas esperando para ver como reagirei a todas essas pressões e perseguições. O que será de mim durante estes tempos difíceis? Mas, eu insisto, esta é mais uma oportunidade de ouro para refletir a luz de Cristo neste mundo escuro e deixar que Deus me use.

Ontem, quando estava cantando canções de louvor, o líder da minha cela me atacou, querendo me impedir de louvar, mas minha resposta foi abraçá-lo e mostrar meu amor. Ele ficou chocado.

Durante esses tempos difíceis que preciso imensamente da graça salvadora de Deus para que eu possa exalar o doce perfume de Cristo nessa casa escura que é a prisão de Evin. Tenho visto muitas vezes a brilhante Estrela da Manhã iluminando as trevas desta prisão e eu vi Suas obras surpreendentes e sobrenaturais. Oh, como é lindo ver a luz da Estrela da Manhã de Cristo sobre as trevas do mal.

Por isso:

• Veja as oportunidades de ouro que tens durante pressões e dificuldades.

• Veja a Estrela da Manhã brilhar no tempos sombrios de sua vida.

Eu o amo! Ele é gracioso, misericordioso e justo comigo. Eu sei que eu não fui esquecido e que estamos juntos neste caminho. Deus me conceda graça.

Esta é minha mensagem para a Igreja: permaneça forte para a Sua Glória. Ele voltará em breve! Fiquem com Deus e dediquem os que têm de melhor para o Seu reino.

Pastor Saeed, servo de Jesus Cristo em cadeias pela resistência do Evangelho. Eu amo a todos vocês.